Pages Menu
Categories Menu
Descrição Arquitetônica

Descrição Arquitetônica

A sede é composta de dois corpos, sendo o principal, certamente, o mais antigo, em estilo eclético com elementos neoclássicos. A casa palacete, onde se localiza o setor de receber e as áreas de viver em comum, foi construída em dois pavimentos sobre um porão baixo. Em suas fachadas predominam a horizontalidade, imposta pelas varandas que circundam a construção em ambos os pavimentos, com exceção da fachada posterior.

Uma hierarquização de composições, visível nos cunhais, e a regularidade da modulação, determinada pela colunata que sustenta a varanda superior e pelas esquadrias, trazem equilíbrio à composição. No pavimento inferior, os cunhais e a colunata da varanda têm linhas mais puras. Estes últimos têm seção quadrada e arestas chanfradas, com ábacos e capitéis de inspiração toscana. Já no pavimento superior, os cunhais são decorados com fingidos de capitéis de inspiração coríntia. Na varanda superior, montantes encimados por elementos decorativos em formato de vasos arrematados em pinhas dão continuidade aos pilares inferiores, estruturando a balaustrada de madeira.

O outro prédio, anexo, denominado Prédio de Serviços, é destinado aos cômodos de serviço ou depósito. Sua cobertura, em quatro águas, apresenta beiral com guarda-pó, este arrematado com estreita cimalha frisada, em madeira, contornando todo o bloco histórico, com inclinação de 45º em relação à fachada.

O Prédio de Serviços assemelha-se às residências edificadas nas áreas urbanas durante o ciclo do café. Assentado sobre um porão baixo, apresenta elementos comuns à arquitetura daquela época, como a altura do pé direito e as dimensões dos vãos em verga reta com cercaduras em madeira.

As esquadrias possuem uma uniformidade, todas apresentando vergas retas. As folhas das portas externas, janelas e portas internas são enrelhadas. As poucas janelas da frente do prédio possuíam fechamento duplo, com guilhotina de vidro externas e folhas de abrir em madeira cega enrelhada para o interior. Na fachada dos fundos, as janelas que não possuem guilhotinas, recebem grades de segurança, em madeira, características dos espaços de serviço, bem como aqueles destinados a depósitos.